Ir para o conteúdo 6 Pular para o menu principal 5 Pular para rodapé 8
Quem possui gastrite pode comer frutas cítricas? Saiba tudo sobre o assunto
Guia Culinário 03/02/2020

Quem possui gastrite pode comer frutas cítricas? Saiba tudo sobre o assunto

As queridíssimas frutas cítricas não são chamadas de “azedinhas” à toa. O próprio nome já explica: ricas em ácido ascórbico (vitamina C) e ácido cítrico, as frutas do verão possuem uma generosa quantidade de ácidos em sua composição. Pelo senso comum, são consideradas inimigas dos que sofrem com gastrite, queimações no estômago e afins. Mas será que isso é realmente verdade? Para saber mais sobre como devemos consumi-la, confira a matéria!

Gastrite e frutas cítricas combinam?

Para os que não sofrem com esse tipo de problema ou não sabem muito sobre o assunto, a gastrite é uma doença conhecida pelas dores na boca do estômago, náuseas, vômitos, sensação de bola na garganta, refluxo, demora na digestão e arrotos frequentes. Podendo ser evitada, por exemplo, com a alimentação correta.

A grande questão é: as frutas cítricas podem, ou não, fazer parte desse cardápio? Bom, se o seu quadro estiver controlado, a resposta é sim! Não precisa dizer adeus à laranja, ao limão e nem ao abacaxi. Se consumidas com parcimônia, as frutas não farão mal ao seu organismo. Pelo contrário: os altos níveis de vitamina C vão dar conta dos radicais livres e o ácido cítrico vai continuar atuando na absorção do cálcio.

Frutas cítricas só devem ser evitadas pelos que sofrem com fortes sintomas da doença

Já se você ainda sente os sintomas de gastrite com frequência, procure não consumir as frutinhas por um tempo. Faça o mesmo com refrigerantes, sucos industrializados e frituras. Ah, e tome cuidado com as cítricas, elas são muitas e normalmente acompanham diversas receitas. As mais comuns são laranja, tangerina, uva, limão, abacaxi, acerola, morango, kiwi, ameixa, maracujá, caju, jabuticaba, romã e frutas cristalizadas.

Dica: No auge do desconforto, opte por alimentos integrais, banana, melancia, gengibre, legumes e verduras refogados, biscoitos de água e sal, carnes com pouca gordura, como peixes e frangos, e alguns chás específicos – como os herbais de camomila e hortelã.

Para consumir as cítricas com tranquilidade, siga umas dicas

Quer consumir frutas cítricas sem sofrer com desconfortos estomacais? Então siga essas 3 dicas simples:

1. Nunca coma uma fruta cítrica de estômago vazio. O ideal é guardá-las para o pós-refeição. Assim o seu estômago estará “forrado” e isso evitará a má digestão dos ácidos;

2. Combata a acidez com um pouco de açúcar. Esse macete vale principalmente para os sucos – você pode adoçá-los com açúcar demerara ou refinado, açúcar de coco e outras opções saudáveis.

3. Coma as frutinhas pelo menos 4 horas antes de dormir. Isso é muito importante para acalmar o suco gástrico (que sobe mais facilmente para o esôfago quando estamos deitados) e para diminuir as chances de refluxo.