Ir para o conteúdo 6 Pular para o menu principal 5 Pular para rodapé 8
4 alimentos saudáveis que liberam endorfina, o ‘hormônio do prazer’
Guia Culinário 31/05/2019

4 alimentos saudáveis que liberam endorfina, o ‘hormônio do prazer’

Conhecido como hormônio do “prazer” ou do “bem-estar”, a endorfina é geralmente liberada durante e após a prática de exercícios físicos, trazendo a sensação de felicidade e relaxamento. Mas sabia que ela também pode ser estimulada pela alimentação? Existem alimentos que aumentam a produção de endorfina pela hipófise, despertando uma maior sensação de bem-estar. Quer conhecê-los? Nós listamos quatro que muita gente gosta de comer.

Pimentas são fontes de capsaicinas, substâncias que estimulam a produção de endorfina

Se você curte comidas picantes vai gostar de saber que a pimenta é um dos alimentos que mais estimulam a produção de endorfina. Elas possuem o composto químico “capsaicina”, que é responsável por conceder a ardência característica do alimento e, ao mesmo tempo, estimula o cérebro na produção de endorfina. No entanto, é importante tomar cuidado para não exagerar no consumo da pimenta, pois capsaicinas em excesso podem ser tóxicas para o organismo.

Aveia é fonte de fibras, minerais e também estimula a produção do ‘hormônio do prazer’

A aveia é um tipo de cereal nutritivo que pode (e deve) ser incluído na sua alimentação diária – para o preparo de vitaminas, smoothies, massas de pães, colocado no iogurte ou até mesmo na salada. Ela é fonte de fibras alimentares, minerais como o ferro e também estimula a produção de endorfina, garantindo uma maior sensação de bem-estar. A aveia também se destaca por conter uma boa concentração de triptofano – aminoácido que ameniza a vontade de comer doce e auxilia na síntese de serotonina, que por sua vez também é conhecido como “hormônio da felicidade”.

Chocolate meio amargo tem alto teor de triptofano e estimula a produção de endorfina

Quem é que não gosta de se deliciar com uma boa barra, ou doce de chocolate? Esse alimento também é fonte do aminoácido triptofano e, por isso, estimula a produção dos hormônios serotonina e endorfina. Para tal, o chocolate mais amargo, que tem alto teor de cacau, é o mais indicado – justamente por ter uma concentração maior de triptofano.

Sementes de abóbora são fontes de L-triptofano, precursor da endorfina

Que tal incorporar as sementes de abóbora à sua alimentação? Elas são ótimas para temperar saladas, granolas salgadas e até podem ser comidas como tira gosto (assadas no forno). A melhor parte é que elas são ricas em nutrientes importantes, como as vitaminas A, E e do complexo B, minerais como o ferro e antioxidantes. Além disso, elas fornecem o L-triptofano, aminoácido precursor da endorfina e da serotonina -hormônios diretamente ligados à sensação de prazer e bem-estar.