Ir para o conteúdo 6 Pular para o menu principal 5 Pular para rodapé 8
6 receitas com diferentes tipos de peixe que são uma explosão de ômega 3
Guia Culinário 11/02/2019

6 receitas com diferentes tipos de peixe que são uma explosão de ômega 3

Todo mundo sabe que o peixe é um dos alimentos mais bem-vindos em qualquer dieta. Afinal, ele é um dos fatores determinantes para o sucesso da Dieta do Mediterrâneo, aquela adotada por pessoas que vivem na região há muitos séculos e que sempre deu longevidade a esse povo. Isso porque esse ingrediente é rico em ômega 3, que por sua vez evita a formação de coágulos no sangue, evitando arritmias cardíacas. Além disso, atua no cérebro – ajudando no combate a doenças como a depressão -, regula o colesterol e a pressão arterial.

Com tantos benefícios, não é de se estranhar que seja indicado comê-lo regularmente, certo? Mas para não ficar sempre preparando a mesma coisa, nós separamos algumas sugestões de receitas com peixes para você variar no cardápio do dia a dia. E o melhor: preparadas com espécies diferentes! Dá uma olhada:

Entrada especial de abobrinhas com anchovas

Já que vamos falar sobre diferentes peixes, vamos começar pela anchova! Muitas vezes confundido com o aliche, não se deixe enganar pelo pequeno tamanho deste peixe, já que ele traz uma grande vantagem: por ter um ciclo de vida curto, não chega a absorver toxinas danosas para a nossa saúde, como é o caso do mercúrio. Além disso, esta receita traz ainda a abobrinha como acompanhamento, alimento que tem como característica ser rico em vitaminas do complexo B. Essas, por sua vez, permitem o bom funcionamento do sistema nervoso. Quer aprender a preparar essa deliciosa entrada? Então veja como seguindo o nosso passo a passo.

Bruscheta de salmão defumado com abacate

Indo para o salmão, é bom lembrar que, embora muitas vezes esse peixe seja consumido cru, aqui ficamos com a versão defumada, que também é deliciosa. Além de rico em ômega 3, o salmão possui boas quantidades das vitaminas A e D. A primeira melhora a visão e ajuda na vitalidade do cabelo e da pele, enquanto a segunda facilita a absorção de cálcio e fósforo no organismo. Com isso, evita não apenas a osteoporose como também ajuda a fortalecer ossos e músculos. E não podemos nos esquecer, claro, que a receita combina o peixe com abacate, fruta famosa por proteger a saúde cardiovascular. Seu modo de preparo é bem simples, então que tal tentar preparar esse lanche em casa?

Sanduíche quente de atum com salada

Já o atum, assim como a abobrinha, conta com vitaminas do complexo B em sua composição. Além disso, ajuda a fortalecer o sistema imunológico por ser rico em vitamina C – que inclusive também ajuda na absorção de ferro pelo organismo. Ao ser combinado com o pão do sanduíche e salada ainda confere fibras ao organismo. Essas, por sua vez, ajudam o sistema digestório a funcionar melhor. Quer aprender a preparar o snack? Descubra aqui como!

Filé de tilápia ao molho de laranja com arroz primavera

Além de rica em ômega 3, claro, a tilápia é também um peixe altamente proteico, sem falar que apresenta baixo teor de gordura e possui poucas calorias. Com isso, acelera o gasto energético, contribuindo para a redução de peso e sendo uma boa aliada no combate à obesidade. E o molho de laranja e o arroz primavera ainda tornam essa receita rica em vitaminas A e D. Embora o nome dê a entender que a receita é mais elaborada, na verdade seu modo de preparo não tem mistérios, como você pode descobrir aqui.

Salada de quinoa com truta defumada

A truta também é considerada um peixe leve pelo seu baixo teor de calorias, mas vale acrescentar que ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim enquanto aumenta os do bom. Já a quinoa, ou quinua, é rica em fibras e possui grandes quantidades dos minerais ferro e cálcio. Pode isso, é considerado um alimento que evita tanto a anemia quanto a osteoporose. Quer prepará-la sem mistérios? A gente ensina como!

Filé de bacalhau com ervas

Por fim, chegamos a um peixe que o brasileiro conhece bem: o bacalhau. Afinal, ele aparece em pratos típicos tanto na semana da Páscoa quanto na do Natal. Aqui, ele é combinado com ervas, que ajudam a tornar a receita rica em antioxidantes. É bom lembrar que esses agentes evitam o envelhecimento precoce por evitarem a oxidação celular, além de prevenirem o corpo de diversas doenças, que vão de gripes a diferentes tipos de câncer. Para aprender a fazer o filé de bacalhau com ervas é só seguir o nosso modo de preparo.

Produtos relacionados